Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2018 >
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

perfil laurence

Primeira Vista

Extraído do livro Primeira Vista- A Experiência da Fé (Petrópolis - RJ: Ed. VOZES, 2012).

Se a meditação altera nossa vida, é porque ela nos ajuda a enxergar o verdadeiro valor de se viver fielmente. Ela expõe o significado de ser fiel às pequenas coisas, não apenas acreditar em grandes abstrações, ou agarrar-se tenazmente à zona de conforto de certas idéias, apenas porque sempre fizemos isso, ou porque elas dão corpo a uma nossa identidade. À medida que a meditação desenvolve a força da fé, a integridade começa a ganhar importância, não como código moral preestabelecido, mas como uma intuição do significado de inteireza. Se agirmos ou nos manifestarmos sem ela, a vida nos será mais desconfortável, por isso a buscamos, mesmo que isso nos custe. Viver como um ser humano fiel, manter a própria palavra, agir de maneira verdadeira em todos os nossos relacionamentos, íntimos e profissionais, procurar dizer a verdade, tal como ela é, e ser justo e compassivo, nas pequenas coisas do dia a dia, passa a se tornar cada vez mais conectado à nossa percepção de significado.
Fiéis a que, poderíamos perguntar. Apenas fiéis, fiéis em tudo o que fazemos: fiéis na maneira pela qual amamos, fiéis na maneira pela qual trabalhamos, mas fiéis também na maneira pela qual caminhamos, e falamos, e fazemos aquilo que dizemos, fiéis na maneira pela qual nos sentamos quietos em meditação, fiéis na maneira pela qual aceitamos o dom da vida por meio do emprego consciente de nosso tempo, tratando com respeito nosso próprio corpo e, os outros e, nosso mundo. Ao vivermos fielmente, descobrimos, em primeira mão, o significado da bondade.

 

 


Texto original em inglês

An excerpt from Laurence Freeman, FIRST SIGHT: The Experience of Faith (London: Continuum, 2011).

If meditation changes our life it’s because it helps us to see the true value of living faithfully. It shows what being faithful in small things means, not just believing in big abstractions or holding tenaciously to the comfort zone of certain ideas because we have always done so or because they shape an identity for us. As meditation develops the muscle of faith, integrity begins to matter more, not as a prescribed moral code but as a sense of what wholeness means. It is more uncomfortable living with ourselves if we act or speak without it, therefore, we seek it even at some cost. Being a faithful human being, keeping our word, acting truly in all our relationships, intimate and professional, trying to tell the truth as it is, being just and compassionate in small daily matters becomes increasingly linked to our sense of meaning.

Faithful to what, we might ask. Just faithful, faithful in all we do. Faithful in the way we love, faithful in the way we work. Faithful in the way we walk and talk and walk the talk. Faithful in the way we sit still in meditation, faithful in the way we accept the gift of life by using our time mindfully and treating our own body and others and this earth our home with respect. In living faithfully we discover the meaning of goodness firsthand.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.