Reflexão do Advento

Quarta Semana do Advento

D. Laurence Freeman, OSB

Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se apressadamente para a montanha, em direção a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino exultou-lhe no seio. Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me é dado que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor? Na verdade, logo que chegou aos meus ouvidos a voz da tua saudação, o menino exultou de alegria no meu seio.Bem-aventurada aquela que acreditou no cumprimento de tudo quanto lhe foi dito da parte do Senhor" (Lc 1: 39-45)

Leia mais...

Terceira Semana do Advento

D. Laurence Freeman, OSB

Terceira Semana do Advento 2021

Naquele tempo, as multidões perguntavam a João Baptista: "Que devemos fazer?". Ele respondia-lhes: "Quem tiver duas túnicas reparta com quem não tem nenhuma; e quem tiver mantimentos faça o mesmo". Vieram também alguns publicanos para serem batizados e disseram: "Mestre, que devemos fazer?". João respondeu-lhes: "Não exijais nada além do que vos foi prescrito".

Leia mais...

Segunda Semana do Advento

D. Laurence Freeman, OSB

Segunda Semana do Advento 2021

A palavra de Deus veio a João, filho de Zacarias, no deserto. Ele passou por todo o distrito do Jordão proclamando um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados, como está escrito no livro dos ditos do profeta Isaías: Uma voz grita no deserto:
Preparai um caminho para o Senhor, endireitai seus caminhos. Cada ravina será preenchida, cada montanha e cada colina será colocada em baixo, caminhos sinuosos serão endireitados e caminhos acidentados serão suavizados. E toda a humanidade verá a salvação de Deus. (Lc 3,1-6)

Leia mais...

Primeira Semana do Advento

D. Laurence Freeman, OSB

Primeira Semana do Advento 2021

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: "Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima.
Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós; pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra.
Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar de tudo o que deve acontecer e para ficardes em pé diante do Filho do Homem”.

Leia mais...